Etiquetas

,

Olá!

Hoje venho-vos falar de um alimento com inúmeras potencialidades, o gengibre!

images

O Gengibre, originado do Sudeste da Ásia tem como nome científico Zingiber officinale Roscoe e pertence à familia Zingiberaceae, é um tempero picante muito comum e utilizado em todo o mundo, pois adiciona um sabor especial e diferente à comida. Esta planta tem diversas propriedades e aplicações, pois pode ser utilizada como como especiaria, condimento e até como planta medicinal. Tendo diversas propriedades fitoquímicas que têm grandes benefícios para a saúde.

Composição nutricional do gengibre (100g)

Calorias totais 70,8 cal
Gordura total 0,83
Colesterol 0
Hidratos de carbono 15g
Fibra 2,8g
Proteína 1,67g

Em relação à sua composição de micronutrientes: vitaminas e minerais, destaco a presença de minerais (potássio, magnésio, cobre, manganésio, zinco, ferro, entre outros) e de vitaminas (A e B6, entre outras).

Propriedades do gengibre

Esta planta tem díspares propriedades, no entanto destaco as que têm mais evidência científica.

O efeito antioxidante e anti-inflamatório do gengibre

Gengibre tem uma acção antioxidante extraordinária, ou seja, remove espécies de oxigénio reactivo (ROS), os radicais livres, peróxidos, e vários outros oxidantes nocivos. Este efeito ocorre através dos ingredientes activos, tais como gingerois e zingerone.

A oxidação é a principal causa para a patogénese de diversas condições inflamatórias, incluindo cancros, lesão celular, hemorragia, choque séptico, entre outros.

Um estudo recente revelou a natureza anti-inflamatória dos gingerois e da zingerona através da eliminação de mediadores inflamatórios.

 Gengibre como agente anti cancro

O cancro actualmente é uma das principais causas de morte no mundo. O gengibre possui na sua constituição substâncias fenólicas que podem exercer acções anticancerígenas, essenciais no tratamento do cancro.

Gengibre com efeito cardio-protetor

O gengibre pode ser importante no efeito cardio-protetor, pela sua acção antioxidante e por favorecer a capacidade lipolítica (destruição de gordura) do organismo.

Utilizações culinárias

  • Pode-se consumir fresco (reduzido a pó, ralado ou em cubos), cristalizado ou pulverizado;
  • Cortado em rodelas ou em pó nas sopas, pastelaria, sobremesa;
  • Pode ser utilizado a carne de aves ou em peixe, podendo ser servido ralado ou fresco para acompanhar.

images (1)

Devido às mudanças de estilo de vida, a tendência de usar produtos naturais como plantas medicinais para o tratamento de diversas doenças está a aumentar, no entanto é sempre necessário alguma precaução questionando sempre o médico sobre a eventualidade de efeitos secundários. Especificamente relacionado com o gengibre deve-se ter especial atenção à quantidade utilizada para as pessoas que consomem diversos medicamentos, principalmente os anticoagulantes. As pessoas que tem pedras nos rins também não devem abusar deste alimento.

Espero que tenham gostado!

Alguma dúvida, digam!

ana.anicetonutricionista@gmail.com

Beijinhos

Ana Aniceto

Nutricionista

Anúncios